usaflag arrow down      Activate Now
SPOT Adventures > View SPOT Adventure
adventures logo
hrule
profile picture
Travessia do Atlantico: Veleiro Dolce Vivere (Parte 1 Sables - Cascais)
by sailaboutsailing
2011-03-07
France Sables d'Ollone
Sailing
Adventure Views 1612 Views
Thumbs up 1 Likes

1 Other users liked it.

My Adventure Story

Parte 2 desta viagem (Cascais x Canarias) no link: http://www.spotadventures.com/trip/view?trip_id=246846

Mais uma travessia do Atlântico começa hoje, Capitão Guillermo viajou dia 24 de fevereiro para França. O Veleiro foi entregue na Marina Port Ollone e durante esta última semana está sendo preparado para poder viajar. 

Esse tipo de viagem exige muito tempo de planejamento e organização detalhada para montagem, provimento de equipamentos, enxoval e víveres para a travessia além de arranjos de documentação e viagem. O skipper tem que saber o que está fazendo e ser uma pessoa capaz de resolver uma sorte grande de problemas, tomar decisões e ser responsável por um bem de valor econômico e sentimental muito importante. Lidar com o planejamento e segurança da navegação, fornecedores, prestadores de serviço e expectativas do armador e da tripulação do veleiro são algumas das tarefas que o Capitão Guillermo está exercendo neste momento: É necessário fiscalizar a entrega dos itens e equipamentos comprados e checar a correta execução dos serviços contratados.

Na fria noite dia 01/3, a tripulação da travessia chegou e embarcou, acomodando-se nesta que será sua morada no meio do mar por quase doisa meses. Roberto e Ale vão vivenciar essa experiência a vela, navegando da França ao Brasil com escalas previstas em Portugal, Canárias e Cabo Verde.

Dia 02/03 e 03/03 a tripulação realizou trabalhos na finalização da preparação do barco, compras dos itens frescos.  Aguardamos a liberação dos papeis para esta sexta feira. A previsão de clima para agora estava aparentemente adequado para sair, mas como o barco ainda não está totalmente pronto  há risco do tempo piorar no golfo de Vizcaya e atrasar a viagem. Esperamos que tudo corra da forma esperada e que não aconteçam mais nenhum imprevisto, de forma que o Cap Guille possa estar livre para planejar a data da partida e iniciar a navegação. A pesar da burocracia sempre ser o que mais atrapalha uma viagem como essa estamos dentro de prazo e a lista de afazeres está cada dia menor.

Dia 04/03 com a liberação do seguro da embarcação hoje é dia de abastercer combustível e esperar a liberação dos ultimos documentos, finalizar a instalação dos ultimos equipamentos e materiais.

Domingo, 6/3 tudo quase pronto, amanhã meio dia (horario local) está programada a partida. Guille e a tripulação do Dolce Vivere enfrentarão o temido Golfo de Vizcaya e suas dificuldades, nesta que será a primeira etapa de uma grande velejada rumo ao Brasil.

Segunda, 7/3 as 12h57 do Brasil, começa a navegação da primeira parte da Viagem da França ao Brasil. Proximo porto previsto Cascais.

Dia 10/3 (amigos, consegui contato por celular e SMS ontem a tarde, Renata ***)
***A navegação pelo Golfo de Vizcaya foi dura, apesar do relativo bom tempo. No final do segundo dia de navegação o mar estava grosso e o vento variava entre 24 a 30 nós, estão todos bem (Chueco mareado) e o barco não tem nenhum problema. Já navegaram cerca de 500 milhas náuticas com uma média de mais de 160 milhas por dia já se pode imaginar as condições desta navegação. Pelo tracking das posições enviadas pelo Spot do veleiro se pode supor que o vento se manteve constante de través e popa, variando nos quadrantes Oeste e Norte. A previsão para a área do Finisterre era de muito vento e mar grosso com nebulosidade para a noite de ontem, não deve ter sido uma noite fácil. Pelo "ok" de hoje no través de Vigo, por volta do meio dia, nota-se que eles estão há unas 40 milhas da costa e por isso nao temos noticias. Analisando as informações das previsões meteorologicas percebemos que o Norte/Nordeste continua na casa dos 20 nós nesta área e tudo aponta para uma viagem rápida. Guille calcula chegar à Cascais no proximo sábado dia 12 de março o que seria um grande feito: 800 milhas em 5 dias!?!  Quando eu conseguir outro contato volto a dar noticias*******


11/3, pelo "ok" de hoje 14:12 hora do Brasil eles estão  em

Latitude:39.64101

 Longitude:-9.55417

Través um pouco ao norte de Peniche. A Singradura 4 foi menor que as outras, mas andaram muito bem e ainda é provavel que cheguem a Cascais amanhã. Não tive contato deles ainda mas pela previsão do tempo devem estar com vento Leste de certa de 25 a 30 nós. Um amigo lá em Cascais disse que tem nevoeiro proximo a costa e eles estão a aproximadamente 25/30 milhas da costa isso é uma preocupação. Proximo à Cascais o tempo melhora, o vento diminui e a temperatura aumenta para até 17graus. Pode ser que na chegada eles fiquem sem vento. Acho que o Guille vai querer se aproximar da costa para fazer algum contato e receber dados da meteo, mas o nevoeiro deve estar mantendo ele longe da costa. Em breve saberemos...

11/3 (15:43 do Brasil) Opa! recebi mensagem SMS disse Guille que está tudo ok, com tripulação e com o barco. Disse que as informações das previsões meteorologicas que enviei por SMS (e que fiz um resumo no paragrafo acima) estão batendo com as reais e que se nada acontece chegam amanhã a Cascais.

Hoje dia 12/3/2011 as 4 horas da manhã horario do Brasil chegaram em Cascais. A viagem durou aproximadamente 110horas, 4 dias e 14 horas. Guille disse que a ultima parte foi toda a motor e diminuiram a velocidade para aproximação ao porto de Cascais após amanhecer. Disse que a viagem foi dura mas que o barco se comportou muito bem. Ele disse que aproveitou para testar mesmo: velas, estaiamento e motor, de forma que caso algo tivesse que ser reparado ou melhorado que isso fosse feito na primeira "perna". Mesmo assim, forçando um pouco, o veleiro estava perfeito. Por dois dias enfrentaram vento muito forte e mar agitado. Usaram o motor em alguns momentos mas segundo ele, muito poco, até menos do que ele gastou de motor em 2008 quando fez  essa mesma navegação com o Cyclades 50.4. Ele disse que chegaram muito cansados por causa das muitas horas de atenção redobrada por causa da aproximação ao porto. Disse que vai me mandar um resuminho do diario de bordo, daí eu coloco aqui para vocês.

Fiz um chat rápido com um dos tripulantes que me disse que o capitão superou as expectativas, que estava sempre muito seguro e que realmente sabia o que estava fazendo. Eu posso ser suspeita para falar, mas concordo totalmente, para mim o Guille sempre passou muita segurança e as vezes a gente demora para compreender o que ele esta fazendo, só mais pra frente quando acontece alguma coisa é que entendemos o que ele tinha feito lá atras. Sei que há outras pessoas acompanhando e que tambem já navegaram com Guille, vocês sabem bem no que o Chueco estava se referindo, não é?

Espero que tenham gostado de acompanhar  essa primeira parte da aventura e lhes convido para continuar seguindo nosso relato da segunda parte dessa velejada de travessia do Atlântico que começará em alguns dias, partindo de Cascais para Ilhas Canárias, percurso de mais ou menos 800 Milhas Nauticas.

Parte 2 (Cascais x Canarias) continua no link http://www.spotadventures.com/trip/view?trip_id=246846

shareadventure facebook
Bill6326 2011-09-25
nice


sailaboutsailing 2011-04-17
Quarta Parte: Cabo Verde x Brasil http://www.spotadventures.com/trip/view?trip_id=249553


sailaboutsailing 2011-04-17
Terceira Parte Canárias x Cabo Verde: http://www.spotadventures.com/trip/view?trip_id=247929


sailaboutsailing 2011-03-28
Hoje vou colocar algumas informações da viagem no segundotrecho Cascais x Canarias, vejam mais fotos também http://www.spotadventures.com/trip/view?trip_id=246846


sailaboutsailing 2011-03-25
Amigos, fotos proxima etapa em http://www.spotadventures.com/trip/view?trip_id=246846


Version.2.12